Pirâmide invertida
Sem categoria

Pirâmide invertida: uma técnica antiga de redação que você deveria usar na web

Uma técnica de redação conhecida como Pirâmide Invertida se popularizou nos jornais impressos e pode ser usada por empresas que produzem conteúdo na internet. Ela existe para empregar objetividade ao texto, garantindo que todo post ou artigo vá direto ao ponto desde o primeiro parágrafo.

O princípio da Pirâmide Invertida é simples. As informações mais importantes aparecem nos primeiros parágrafos e as menos relevantes, nos últimos. Isto permite que os leitores se aprofundem no texto à medida que avançam na leitura.

O conceito da Pirâmide Invertida é frequentemente associado ao lide do jornalismo. Trata-se de uma técnica que consiste em apresentar uma notícia respondendo a seis perguntas básicas logo nos primeiros parágrafos. São elas: “o que?”, “quem?”, “quando?”, “onde?”, “por que?” e “como?”.

O site americano Pressbooks.pub, que reúne artigos sobre jornalismo e redação em geral, explica que “as notícias em geral são organizadas usando o estilo da Pirâmide Invertida, na qual as informações são usadas em forma decrescente de importância. Isso permite ao público ler os detalhes crucias rapidamente e, então, decide se continua a leitura ou para por ali”.

Não há consenso acerca da data de criação. Alguns historiadores acreditam que o termo foi criado por jornais americanos no século XIX, mas outros sugerem que surgiu já no Século XX, quando as escolas dos Estados Unidos passaram a orientar os estudantes a ler textos mais factuais do que interpretativos. Há, ainda, estudos que relacionam a criação da Pirâmide Invertida ao advento do telégrafo.

Takeaways

A Pirâmide Invertida é uma técnica de redação que consiste em posicionar no início do texto as informações mais relevantes. Com isso, o leitor é quem decide se quer obter apenas uma informação superficial ou se deseja avançar na leitura para se aprofundar um pouco mais.

Mais posts