Gramática e ortografia não prejudicam SEO, mas ainda impactam o leitor humano
Sem categoria

Gramática e ortografia não prejudicam SEO, mas ainda impactam o leitor humano

Erros de gramática e de digitação provavelmente não prejudicam o ranqueamento orgânico de um blog post ou artigo no Google. Esta é a resposta a uma dúvida comum de redatores quando se trata de SEO.

Produtores de conteúdo perguntam com frequência em webinars que realizamos aqui, no DINO: “cometer erros de Português podem fazer meu blog perder ranqueamento?”.

Não há uma resposta definitiva, mas provavelmente não há prejuízo. Especializado em técnicas de ranqueamento orgânico, o site americano SEO Roundtable tratou deste assunto com clareza:

“Caso você esteja preocupado com o impacto que um texto bem ou mal escrito pode causar no ranqueamento, saiba que John Mueller, do Google, diz que não acredita que os algoritmos rebaixem sites por uso de gramática ruim”.

O post se refere ao suíço John Mueller, analista sênior de Trend Analytics do Google.

De fato, há muitos outros fatores de ranqueamento mais importantes para o Google do que erros de redação. Aqui mesmo, no DINO, listamos recentemente mais de 200 deles — e gramática e ortografia aparecem apenas como sinais de qualidade. Não são, portanto, critérios diretos de ranqueamento.

Realidade pode mudar

Um elemento relativamente novo precisará ser levado em consideração nos próximos anos. É a busca por voz, que cresce de forma acelerada. Acredita-se que, já em 2020, metade das pesquisas online será feita por voz. Quando a resposta para uma busca é dada também em voz — pela famosa “moça do Google” —, daí a correção na gramática e na ortografia pode ganhar um novo peso.

Porque, pelo bem da sua marca, o Google não vai querer que sua porta-voz eletrônica cometa erros próprios de pessoas pouco letradas.

Neste cenário de mudanças tecnológicas rápidas, o aspecto mais importante para você, redator, é o fato de que textos são criados para que sejam lidos por seres humanos. O Google é apenas uma ferramenta que serve para geração de tráfego para que, em última análise, mais leitores humanos leiam aquele conteúdo.

Uma boa redação, que respeite as regras de gramática, ainda transmite mais credibilidade do que um texto pobre e repleto de erros. E isso permanece válido, independentemente do que determinam os algoritmos dos motores de buscas.

Takeaways

Erros de gramática e de ortografia não parecem afetar o ranqueamento de um post nas buscas orgânicas do Google. Afinal, eles não aparecem na lista dos critérios atuais mais importantes de SEO. Isso pode mudar à medida que a busca por voz ganha peso. Há de se considerar, porém, que, para o leitor de carne e osso, a boa redação sempre causará impacto positivo.

Mais posts