14 Dicas de growth hacking para e-mail marketing
Marketing

14 Dicas de growth hacking para e-mail marketing

Segundo o site Consumidor Moderno, uma pessoa recebe entre 400 e 10 mil comunicações de marcas diariamente. Este número exemplifica a ideia que já percorre o senso comum sobre o excesso de mensagens e informações que chegam até as pessoas todos os dias. Em meio à alta concorrência pela atenção do público, é fundamental saber como chamar a atenção na hora certa.

Com mais de 40 anos desde a sua criação, o e-mail marketing ainda é um canal de comunicação relevante para marcas que desejam se aproximar do público e gerar vendas. Para ter uma ideia, o e-mail tende a aumentar em 138% as vendas e converte três vezes mais do que as redes sociais.

Por isso, reunimos hacks que ao serem aplicados nas campanhas vão aumentar as taxas de abertura, cliques e conversões.

Dicas de growth hacking para e-mail marketing

1. Capriche nas CTAs

Teste diferentes abordagens de CTA para aumentar a taxa de cliques. Experimente as mais simples como “Clique para se inscrever” até as que evidenciam a entrega de valor do material oferecido, como “Quer economizar com anúncios”.

Além disso, experimente diferentes tipos de botão para descobrir qual converte mais.

Um bom modelo é:

  • Com efeito 3D;
  • Cor contrastante, diferente dos outros blocos;
  • Espaço de respiro ao redor.

2. Limpe a base de contatos todo mês

Isso irá aumentar as taxas de abertura, cliques, reputação do domínio e permitirá focar esforços em quem realmente está interessado pela sua solução. Além de economizar com a fatura das plataformas, que geralmente cobram por volume de contatos.

3. Capriche no assunto de acordo com o objetivo

O primeiro objetivo de um e-mail, depois da entrega, obviamente, é gerar a abertura. Na criação do assunto vale usar a criatividade, usar gatilhos que funcionam com seu público como números, senso de urgência, perguntas etc.

4. Capriche na diagramação

Se o e-mail tratar de vários assuntos, invista tempo na melhor diagramação possível para que nenhuma informação fique dispersa ou fuja ao olhar. A relação das cores influencia muito no clique. Se a imagem é laranja, experimente botões que contrastem bem, como o azul.

Evitar espaços em branco é importante principalmente para os usuários de dispositivos móveis, assim como mostrar algo interessante no topo do e-mail, despertando o interesse para a rolagem até o final.

5. Storytelling

Seja para anunciar as novidades em uma newsletter divertida ou para apresentar a promoção do mês, contar uma história envolvente é importantíssimo. Muitas vezes a apresentação da mensagem contribui mais para a conversão do que o seu conteúdo bruto.

6. Aproveite o espaço da assinatura

Seja com links para as mídias sociais ou com uma foto do remetente, é fundamental iniciar e terminar bem a comunicação. Outra possibilidade é utilizar esse espaço para reforçar seu branding, como a equipe do Hotmail fez ao adicionar o trecho de texto “PS eu te amo” na parte inferior de cada e-mail enviado, com um link para a página inicial. Em menos de um ano, esse conteúdo contribuiu para seu crescimento de mais de 12 milhões de contas de e-mail.

7. Invista na prova social

Bastante utilizado em campanhas de conversão e vendas, o gatilho mental da prova social acelera a decisão do lead. Neste momento, você pode relembrar quantos clientes confiam na sua empresa, prêmios conquistados, menções na imprensa, entre outros.

8. Elementos interativos despertam o interesse

Uma das melhores opções para chamar a atenção e reforçar uma mensagem é utilizar os recursos interativos como o gif de contagem regressiva que ativa o gatilho de urgência e faz o lead pensar que está perdendo algo.

9. Enviar conteúdo de outros sites para sua base

É uma maneira de construir relacionamento com marcas e promover conteúdo de valor para os leads, mesmo que não sejam feitos por você. Assim, o leitor ganha confiança e se sente valorizado.

10. Dê um motivo para encaminharem seu e-mail

O Think with Google é um bom exemplo de como enviar conteúdo de valor por e-mail, com CTAs simples e interessantes para gerar novas inscrições e compartilhamentos. Com dados de mercado e pesquisas exclusivas, os conteúdos são altamente compartilháveis.

11. Use retargeting de e-mail

Essencial no ecommerce, o retargeting de e-mail permite enviar as mensagens corretas para quem realmente se interessa, a partir do histórico de navegação e interação em anúncios da marca.

12. Cancele a inscrição dos contatos por eles

Alguns leads têm dificuldade em pedir o descadastro de uma lista de e-mails e solicitam entrando em contato com o remetente. Certifique-se de que as respostas das campanhas estão sendo lidas, e, em caso de solicitação de descadastro, prepare uma mensagem agradável para avisar o lead de que ocorreu tudo conforme solicitado.

13. Melhore a experiência do usuário com HTML

Além de melhorar a experiência, você pode avançar alguns passos na conversão colocando um código HTML no e-mail, como este exemplo da Amazon em que dependendo de qual estrela é clicada, a página que se abre é pré-carregada com a revisão iniciada.

14. Experimente diferentes remetentes

Use diferentes remetentes para construir relacionamento com a sua base. Exemplo: newsletter enviada pelo especialista de conteúdo, e-mail promocional enviado por um consultor comercial e assim por diante.

Conclusão

Na era da informação está mais difícil reter a atenção das pessoas, e por isso as mensagens criativas e inusitadas se destacam. Conhecer novas possibilidades, como as que trouxemos neste texto é um passo importante, seguido de testes e aprendizados de acordo com o que performa melhor para o seu público.

Mais posts