Assessoria de Imprensa

Qual o modelo de release ideal para o seu negócio?

Release é a ferramenta básica de qualquer estratégia de comunicação. Para levar críticos à sua peça de teatro, tornar seu produto conhecido entre os dentistas ou lotar a coletiva de imprensa de repórteres, o release continua sendo a forma mais garantida e com o melhor custo-benefício. Saiba como achar o formato adequado para o seu objetivo, seguindo nossas dicas:

O artista em ascensão

Seu cliente lançou o primeiro livro, filme, exposição ou peça de teatro. O produto é bom, mas precisa conquistar reconhecimento da crítica. Considere adotar três medidas no release. Primeiro, oferecer uma exclusiva para uma revista ou TV local, com cobertura dos bastidores. Segundo, trazer para o texto do release o depoimento de alguém famoso ou prestigiado (“esta peça tem a benção de…”). Terceiro, enviar junto com o release exemplares ou acesso antecipado à obra (ou fazer uma “cabine”, no caso dos filmes).

A boa causa com uma meta

O grupo de teatro tem uma meta de crowdfunding isto é, quando várias pessoas contribuem, com pequenas quantias, de maneira colaborativa à viabilizar uma ideia, um negócio ou um projeto. Jornalistas adoram números, metas e prazos (ao menos, os números dos outros). Um release com um infográfico bonito e chamativo pode ser uma ótima forma de elevar o “awareness” – estratégia para medir a percepção do consumidor para saber quais são as suas marcas preferidas e quais ele mais percebe no mercado – e levar a causa para os leitores dos veículos que você quer atingir.

A promoção imperdível

Todos os anos, postos de gasolina do Brasil afora celebram o “Dia Livre de Impostos” para mostrar como a carga tributária encarece os combustíveis. Nessa data, a gasolina é cobrada livre dos impostos (os postos tomam o prejuízo). Todo ano é a mesma coisa – e todo ano o evento tem ampla divulgação na imprensa. Uma promoção com um detalhe exótico ou um desconto irresistível pode ser o tempero que falta no seu release para sua promoção estourar.

A notícia impossível

Seu cliente pode ser o único capaz de informar sobre alguma coisa: o resultado de uma pesquisa de opinião, o perfil do consumidor de certo mercado, os resultados de um novo tratamento, a situação de certa espécie. O release em formato de notícia, com o mesmo lead usado nos jornalões, pode ser nesses casos o melhor modelo para ganhar repercussão.

O evento de sucesso

A loja de roupas vai inaugurar o show room, a balada vai celebrar seu aniversário ou a banda começará a turnê por uma cidade na qual ainda não se apresentou e quer lotar a casa. O objetivo é encher o lugar de gente, não apenas de jornalistas. Nesse caso inclua no release o flyer normal do evento. O pessoal do jornalismo de serviços gostará de reproduzí-lo para seus leitores. Entregar cortesias ou oferecer o “nome na lista” para repórteres credenciados também não é uma má ideia.

A nova onda da internet

Sentados durante longas horas nas redações e sem sair à rua, jornalistas dão cada vez mais espaço para o mundo virtual, como memes, virais e polêmicas das timelines. Um release com números do tipo “em menos de 24 horas, o vídeo já foi visto por X milhões de pessoas” e citações de blogs ou twitteiros que repercurtiram a sensação do momento facilitam a transformação do seu produto em notícia. Como diz o chiste, “se não existe na internet, não existe no mundo real”. E agora, que tipo de release você pretende disparar? Comente!

E você, já se perguntou o que o público do seu cliente espera como notícia de sua Assessoria? Baixe grátis o ebook “O que o jornalista espera como notícia de sua Assessoria”

banner-demo-fimdepost

Recomendadas


Top